Saltar o menu
Aumento mamário

Aumento mamário

Técnicas cirúrgicas e fatores a ter em conta antes de se submeter a uma operação

A decisão de passar pela sala de operações para conseguir um número maior de soutien deve basear-se num descontentamento com a imagem que o espelho nos devolve e num desejo pessoal e profundo de querer melhorá-la.

Às vezes, as mulheres procuram cirurgiões e operações deste tipo porque querem agradar os namorados ou os maridos que olham constantemente para outras mulheres.

Há que ter em conta que a cirurgia não vai alcançar os resultados desejados. Mesmo que ponham um tamanho «gigante», os seus companheiros continuarão a olhar para outras mulheres. Têm de pensar em gostar de si mesmas, para que o resultado seja satisfatório.

As mulheres que estão a pensar submeter-se a um aumento mamário devem também ter em conta a sua saúde e avaliar o novo volume que vão ter. Os implantes mamários são um peso adicional para o eixo da coluna vertebral e, quanto mais volume for implantado, maior será o efeito da gravidade que, mais tarde ou mais cedo, acabará por fazer a mama descair.

Que tamanho escolho?

Escolha o tamanho procurando sempre uma proporção entre a sua altura, largura de ombros e largura das ancas. O ideal é aproximar-se o mais possível das já quase míticas medidas 90-60-90. De qualquer maneira, a harmonia corporal é o mais importante. Porque um tamanho de peito 95 não é igual numa pessoa com 1,80 m de altura e noutra com 1,55 m.

Como preparar-se

O primeiro passo é estar muito bem informada. Não fique com nenhuma dúvida. Nas primeiras consultas pergunte tudo aquilo que quer saber, por muito trivial que possa parecer-lhe à primeira vista.

Depois de conhecer os detalhes da intervenção, incluindo os riscos que engloba, ser-lhe-á pedido que faça exames pré-operatórios: análise ao sangue, electrocardiograma, mamografia... Tudo isto é necessário para minimizar os riscos da operação.

Também é conveniente receber alguma preparação psicológica. Ao fim ao cabo, vai submeter-se a uma mudança de imagem importante e não deve tomar a decisão de ânimo leve. É importante que esteja segura dessa decisão e que tenha plena confiança no médico.

Por outro lado, é de grande importância que quem se submete a um aumento mamário entenda que se está a falar não só de estética mas também de uma palavra de maior peso: cirurgia. E há que valorizá-la.

Veja na página seguinte: Técnicas de aumento mamário mais recentes e tipos de implantes

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados