Saltar o menu
DIU e implantes são mais eficazes que pílula contracetiva

DIU e implantes são mais eficazes que pílula contracetiva

Novo estudo conclui que métodos de longa duração são 22 por cento mais eficazes

Os contracetivos de longa duração, como o dispositivo intra-uterino (DIU) ou os implantes hormonais, são 22 por cento mais eficazes que a pílula ou outros métodos que necessitam de monitorização periódica, conclui um estudo de três anos levado a cabo na Escola de Medicina da Universidade de Washington.

No estudo verificou-se que a pílula contracetiva, o adesivo ou o anel vaginal são especialmente menos eficazes em mulheres jovens. Para as menores de 21 anos que usam estes métodos de curta duração, verificou-se que o risco de uma gravidez indesejada é quase o dobro do risco em mulheres mais velhas. Isto sugere que o aumento da utilização de métodos de longa duração por adolescentes pode prevenir substancialmente gravidezes indesejadas, indica a Universidade de Washington em comunicado.

«Este estudo é a melhor evidência que temos de que os métodos de longa duração são muito superiores à pílula contracetiva, ao adesivo e ao anel. O DIU e os implantes são mais eficazes porque as mulheres podem esquecer-se deles depois de os médicos os colocarem», refere Jeffrey Peipert, um dos autores do estudo e professor de ginecologia e obstetrícia na Escola de Medicina da Universidade de Washington.

O DIU é eficaz até um máximo de dez anos e os implantes hormonais colocados no braço são métodos eficazes durante três anos.

«Nós sabemos que os DIU e os implantes têm taxas de insucesso muitos baixas – menos de um por cento. Porém, apesar de serem muito eficazes e estar provado muito seguros para mulheres e adolescentes, são escolhidos por muito poucas mulheres», refere Brooke Winner, investigadora líder do estudo.

O estudo envolveu 7500 mulheres dos 14 aos 45 anos. Durante os três anos de duração do estudo, 334 mulheres engravidaram. Dessas, 154 foi por falha do método contracetivo (133 usavam contracetivo de curta duração e 21 usavam DIU ou implante).

 2012-05-28

@SAPO

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados

publicidade
publicidade

Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Vídeos

Rastreio do Cancro da Mama: E se desse positivo?

ver mais vídeos

Veja Ainda...

Saúde & Medicina

Dores menstruais

As soluções naturais que acabam com elas+

Peso & Nutrição

Investigação norte-americana

Quem dorme menos alimenta-se pior +

Estratégias para combater a ejaculação precoce

Um problema sexual que gera ansiedade e stresse e que prejudica a sexualidade do casal

Especialistas alertam para perigo do uso excessivo e inadequado dos antibióticos

Existem apenas 26 situações em que é necessário usar antibióticos por mais do que sete dias

ver todos os artigos