Saltar o menu
Substituir o açúcar

Substituir o açúcar

Nutricionista desvenda mitos, benefícios e riscos dos novos adoçantes, baixos em calorias

Graças aos novos adoçantes, pobres em calorias, agora é fácil fazer frente ao excesso de peso (e à diabetes) sem desprezar os sabores mais doces.

Existem mais de 15 substâncias que substituem o açúcar e mais de 10 000 produtos com poucas calorias que permitem que bolachas, biscoitos e até chocolates possam ser consumidos, com moderação, até por diabéticos.

Neste artigo damos-lhe a conhecer os adoçantes mais comuns que pode usar mesmo em cozinhados ou no forno. Siga os nossos conselhos e tome nota das precauções que deve ter em conta para aprender a comer doces de forma saudável.

A ciência do açúcar

Se, ao invés de adoçantes, prefere usar açúcar, mel ou xarope de milho para dar um toque mais doce aos seus pratos, isso não significa que está em risco de se tornar diabética. Estes produtos não provocam diabetes por si só, nem fazem subir os níveis de glicemia tanto como os amidos.

O segredo está no índice glicémico (IG), que representa o impacto que cada alimento tem sobre o nível de açúcar sanguíneo. O nutricionista Miguel Rego explica: «o IG do mel e do xarope de milho é menor que o do açúcar (sacarose), e o destes é mais baixo que o dos amidos, como os que existem, por exemplo, no pão».

Não se esqueça, contudo, que são substâncias muito calóricas, de elevado valor energético, que engordam. E isso, sim, é prejudicial à diabetes. Pelo que deve ingeri-los com moderação.

Veja na página seguinte: Os tipos de adoçantes mais comuns

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados

publicidade
publicidade

Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Vídeos

A importância Hidratos de Carbono

ver mais vídeos

Linfoma não-Hodgkin (LNH)

O que é e como se trata

Ugandeses pedem preservativos maiores para combater VIH/SIDA

Homens dizem que os preservativos são pequenos e rebentam durante o ato sexual

ver todos os artigos