Saltar o menu
Perturbações do sono

Perturbações do sono

Aprenda a defender-se dos dois distúrbios do sono mais comuns

Existem mais de 80 tipos de distúrbios do sono. Deste leque variado de perturbações destacam-se duas: a síndrome das pernas inquietas e a apneia do sono.

A primeira caracteriza-se pelo movimento involuntário das pernas, a segunda denuncia-se pelo ressonar intenso e por paragens respiratórias que ocorrem durante o descanso nocturno.


Ambas afectam a qualidade do sono e podem (e devem) ser tratadas. António Atalaia, neurologista, aponta as estratégias mais aconselhadas.

Síndrome das pernas inquietas

Quando se deita, à noite, sente um desejo incontrolável de mexer as pernas? Sente um alívio temporário desses sintomas se o fizer? A síndrome das pernas inquietas é uma perturbação que costuma ocorrer antes de adormecer e é mais comum em pessoas com mais de 50 anos.

Caracteriza-se por um mal-estar nas pernas, por vezes descrito como formigueiro ou como peso, que alivia com os movimentos, com a marcha e a mudança de posição, mas que volta após algum tempo de imobilidade. Estas queixas são caracteristicamente mais intensas no final do dia e durante o início da noite. Os movimentos podem persistir após o adormecer (Movimentos Periódicos do Sono) e causar fragmentação do sono e perda da capacidade regeneradora do mesmo.

Esta síndrome está inserida no grupo das parassónias, que são perturbações em que há actividades involuntárias durante o sono. Parassónias comuns são o sonambulismo, os terrores nocturnos e os pesadelos.

O que fazer?

Existe medicação própria para este problema que poderá aliviar as queixas e permitir um início do sono mais fácil a estes pacientes, uma vez que os sintomas se manifestam frequentemente ao adormecer.

De acordo com António Atalaia, «alguns casos podem melhorar com a administração de ferro, sendo a baixa tecidular deste elemento um factor desencadeante conhecido desta síndrome».

Ver na página seguinte: A apneia do sono

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados

publicidade
publicidade

Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Vídeos

Rastreio do Cancro da Mama: E se desse positivo?

ver mais vídeos

Doenças

Veja o índice alfabético