Saltar o menu
O processo de oxidação

O processo de oxidação

A oxidação explicada em 5 passos e os conselhos de um especialista em nutrição

Talvez já tenha sentido que o seu corpo «já não é o que era», principalmente quando surge uma dor, quando há uma falha de movimentos, ou quando se sente estranhamente cansado.

A verdade é que estes são alguns dos sinais do envelhecimento causado pela oxidação natural do organismo, um processo irreversível que, apesar de não poder controlar, pode atenuar.



A oxidação em 5 passos


1. Grande parte do oxigénio que inalamos serve para produzir energia para o organismo. No entanto, uma pequena percentagem desse oxigénio produz radicais livres.

2. Os radicais livres surgem de forma natural no corpo quando respiramos, quando metabolizamos os alimentos, quando fazemos exercício...

3. Por sua vez, o organismo produz enzimas que neutralizam os efeitos prejudiciais dos radicais livres. São antioxidantes.

4. Mas existem determinados factores que potenciam uma produção excessiva de radicais livres (poluição, tabaco, álcool).

5. Quando há um excesso de radicais livres, os antioxidantes naturais do organismo não conseguem, por si só, neutralizá-los, e as células vão sendo afectadas. Daí a necessidade de uma ingestão mais eficaz de antioxidantes, provenientes de uma alimentação saudável.

Veja na página seguinte: A alimentação certa para combater a oxidação

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados

publicidade
publicidade

Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Vídeos

Rastreio do Cancro da Mama: E se desse positivo?

ver mais vídeos

Doenças

Veja o índice alfabético