Saltar o menu
Sangue nas fezes

Cancro colo-rectal e pólipos

O cancro é a razão mais perigosa para a presença de sangue nas fezes e afecta os órgãos excretores, bem como os tecidos que os rodeiam. Este tipo de cancro pode desenvolver-se e formar tumores no intestino delgado e no grosso, bem como no recto.

Os tumores benignos, ou por outras palavras, que não colocam o paciente em perigo de vida, chamam-se pólipos. Os tumores malignos são cancerosos e especialmente perigosos porque podem alastrar-se para outros órgãos. Os pólipos podem ser removidos através de uma colonoscopia, o exame endoscópico do cólon.

É muito importante que os tumores sejam removidos a tempo, caso contrário podem tornar-se cancerosos. Os tumores mais malignos desenvolvem-se a partir de pólipos e alguns acabam por afectar o fígado e os rins. Além da presença de sangue nas fezes, os outros sintomas frequentes do cancro colo-rectal incluem: alteração nos hábitos de excreção (mais ou menos frequente), problemas de excreção, diarreia, a sensação de que ainda precisa de ir à casa de banho depois de evacuar e dor.

Se detectar sangue nas fezes, vá ao médico

Mesmo que só tenha hemorróidas, não pode estar certo da causa para tal sem ser examinado, e, além disso, adiar a situação só a torna pior. Os pólipos e as hemorróidas, totalmente inofensivos, podem transformar-se em cancro, mas se tudo estiver bem, a dor deverá desaparecer pouco depois de consultar o médico.


Texto: S.B.

Foto: Photoxpress

A responsabilidade editorial e científica desta informação é de

Enviar artigo por E-mail

A sua mensagem foi correctamente enviada

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Comentários


Artigos relacionados

  • Hemorroidas

    Hemorroidas

    Os tratamentos a que pode recorrer+

  • Hepatite

    Hepatite

    Os três tipos de vírus da hepatite podem ser transmitidos através do contacto sexual+

  • Hemorroidal

    Hemorroidal

    O que é esta doença que afeta cerca de 5% da população?+

publicidade
publicidade

Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Vídeos

Rastreio do Cancro da Mama: E se desse positivo?

ver mais vídeos

Linfoma não-Hodgkin (LNH)

O que é e como se trata

Bastonário garante médico de família para todos os portugueses dentro de três anos

Todos os anos entram mais 400 jovens na especialidade de medicina geral e familiar

ver todos os artigos

Doenças

Veja o índice alfabético